top of page
WP14848_edited.jpg

Perguntas Frequentes

A Feline Grimace Scale© (FGS) para profissionais em veterinária

Clique aqui para obter as informações científicas mais atualizadas sobre a FGS.

01.

O gato está dormindo.

Não perturbe o gato e espere até que ele esteja acordado e retorne às suas atividades normais para fazer a avaliação com a FGS. Certifique-se de que o gato esteja realmente dormindo (em uma posição confortável para a espécie, por exemplo, “enrolado”) e que não esteja demonstrando comportameto de "sono fingido" (ou "sono falso") devido à dor

03.

O gato está realizando ‘grooming’, está comendo ou brincando.

Aguarde até que essas atividades sejam concluídas para iniciar as pontuações com a FGS.

05.

O gato pontuou 4/10, mas não tenho certeza se está realmente com dor.

Reavalie o gato em 15-20 minutos.

07.

Administrei analgésicos antes da cirurgia e, quando avaliei o gato 45 minutos após o procedimento, a pontuação foi de 9/10.

As pontuações de 9/10 da FGS são altos e o gato provavelmente está com dor, o que exige a administração adicional de analgésicos. Os analgésicos são frequentemente necessários antes, durante e após a cirurgia para uma analgesia ideal. Consulte as Diretrizes da ISFM sobre o controle da dor aguda em gatos.

09.

Quem pode utilizar a FGS?

Estudos demonstraram que veterinários, estudantes de veterinária e técnicos/enfermeiros, bem como tutores de gatos, podem utilizar a FGS de forma confiável.

10.

Posso utilizar a FGS para qualquer tipo de dor aguda?

Sim. A FGS foi validada para uso em gatos com dor médica e cirúrgica aguda de ocorrência natural, incluindo dor após procedimentos odontológicos com extrações dentárias.

12.

Qual é a pontuação de corte para a administração de analgesia de resgate?

Uma análise estatística rigorosa de estudos científicos com a FGS indica que os gatos com pontuação ≥ 4/10 provavelmente estarão sentindo dor e precisarão da administração de analgesia de resgate.

14.

Existem meios automatizados para verificar se meu gato está com dor usando a FGS? Por exemplo, posso tirar uma foto do meu gato e saber automaticamente se ele está sentindo dor?

Não. Algumas empresas estão anunciando o uso da Feline Grimace Scale© para avaliação automática das emoções dos gatos. No entanto, a FGS foi validada cientificamente apenas para avaliação de dor aguda e não deve ser usada para avaliação de outras emoções (por exemplo, felicidade ou tristeza). Nosso laboratório não tem nenhuma relação com essas empresas e, no momento, estamos trabalhando em métodos cientificamente sólidos para produzir uma ferramenta robusta, baseada na ciência, com alta especificidade, sensibilidade e precisão, seguida de publicações revisadas por pares.

02.

O gato é tímido ou demonstra sinais de medo e/ou ansiedade. 

Tente avaliar o gato à distância, se possível. Considere essencial o uso de técnicas ‘cat-friendly’ (manejo amigável para gatos) para redução do medo/estresse/ansiedade para facilitar a avaliação da dor. Em nossa experiência, gatos tímidos ou não-socializados (ferais) podem apresentar alterações em expressões faciais que podem ser devido à ansiedade e ao medo, e nem sempre à dor.

04.

O gato pontuou 3/10, mas suspeito que esteja com dor.

Reavalie o gato em 15-20 minutos.

06.

A pontuação da FGS para o gato foi 6/10 e acabei de administrar uma injeção intramuscular de opióide.

Reavalie o gato em 30 a 40 minutos. As pontuações da FGS devem ser reduzidas. Se as pontuações da FGS não tiverem reduzido, pode ser necessária uma segunda dose de analgesia de resgate ou deve-se considerar uma mudança no plano analgésico.

08.

Posso avaliar a dor em um paciente apenas olhando uma foto?

As pesquisas mostram uma boa  concordância entre a pontuação em tempo real e a pontuação por imagem. No entanto, você deve considerar:

 

1) A imagem deve ser representativa das expressões faciais do gato durante vários minutos. As mudanças nas expressões faciais relacionadas à dor não ocorrem uma vez em uma fração de segundo. As mudanças nas expressões faciais são dinâmicas e podem ocorrer devido a outros fatores não relacionados à dor (por exemplo, ruídos do ambiente, ansiedade e medo). 2) O contexto clínico, o histórico e o exame físico do gato devem ser avaliados juntamente com a imagem. Os gatos com dor aguda frequentemente apresentam outras alterações de comportamento associadas à dor (por exemplo, diminuição da atividade, diminuição do interesse pelo ambiente, diminuição do apetite, etc).

11.

Suspeito que este gato tenha osteoartrite, devo usar a FGS?

Não. A FGS foi desenvolvida e validada para a avaliação da dor aguda em felinos. Há outras ferramentas disponíveis para a avaliação da dor relacionada à osteoartrite. Veja mais informações sobre a avaliação da dor crônica em gatos: 1, 2, 3.

13.

Posso utilizar a FGS para avaliação da dor em outras espécies?

Não. A FGS foi validada para uso exclusivo em gatos. Estão disponíveis escalas de Grimace para avaliação da dor em outros mamíferos não humanos. Veja aqui.

15.

Existe um aplicativo de celular para a FGS?

Sim. Você pode baixar gratuitamente o aplicativo educacional do FGS para telefone em inglês, francês ou espanhol para as plataformas Apple (App Store) e Android (Google Play). Ele permite que o usuário aprenda sobre a ferramenta, pratique suas habilidades e ajuda na pontuação do FGS em tempo real.

16.

Quero saber mais sobre o controle da dor em gatos.

Diversos recursos sobre o controle da dor em gatos estão disponíveis gratuitamente neste site e em toda a Internet. Por exemplo, você pode ler as Diretrizes da ISFM sobre o controle da dor aguda em gatos de 2022, e as Diretrizes do WSAVA para manejo da dor em cães e gatos

bottom of page